2015 – Semana 08: Muitos beijos gays na semana do carnaval

0
9
views

Olá amigos,

O tempo passa e a gente não tem como começar as notícias da semana sem falar de homofobia.

Isso nos mostra que devemos estar sempre alertas, pois podemos ser surpreendidos a qualquer momento e em qualquer lugar.

Mas boas notícias também aconteceram. Teve gente saindo do armário, gays em recepção VIP no Vaticano, beijaço no Carnaval e bodas de prata de um casal ativista gay.

Homem decepa mão da irmã por não aceitar homossexualidade
Homofobia
Homofobia

O caso aconteceu na zona leste de Manaus. Janderson, como foi identificado, chegou em casa e encontrou a irmã com a suposta namorada.

Por não aceitar a homossexualidade das duas, se armou de um terçado, espécie de facão, e atacou as duas.

Silvia Nogueira de Souza teve parte da mão decepada e um corte profundo na cabeça. Rosicleide Trindade Sabino também foi atingida no braço esquerdo e na boca.

As duas foram levadas pelo SAMU ao pronto socorro. Silvia está internada em estado grave e Rosicleide teve ferimentos leves, mas já foi liberada.

Via

Quatro Grammys aos 22 anos e orgulho de ser gay
Sam Smith
Sam Smith

Se você tem mais de 22 anos e não tem quatro grammys na sua estante não precisa querer cortar os pulsos, por incrível que pareça a maioria da humanidade não tem.

Mas Sam Smith tem. O britânico conseguiu a façanha de ganhar quatro dos seis grammys a que foi indicado.

Em uma entrevista que deu ao Fantástico da Rede Globo, ele falou de sua carreira e como foi ganhar esses prêmios.

Dentre os assuntos abordados ele disse ter orgulho de sua homossexualidade e que preferiu falar desse assunto desde o começo de sua carreira para evitar especulações, mas disse uma frase que reflete muito não só a realidade dele na música, mas a de todos nós em nossas profissões “Lady Gaga, Beyoncé, Katy Perry. Elas nunca tiveram que ficar falando nas entrevistas que são heterossexuais. Eu só quis ser tratado com igualdade, como qualquer outro.”

Sempre digo isso, a luta do gay em provar que é tão capaz quanto um heterossexual é sempre árdua.

Provavelmente se pudessem, as empresas estabeleceriam que, enquanto a experiência do hétero é de noventa dias, a dos gays seria cento e oitenta dias.

Parabéns ao Sam e muito sucesso.

Via

Sandra de Sá admite homossexualidade no De Frente com Gabi
Sandra de Sá
Sandra de Sá

O programa de Marília Gabriela, De Frente com Gabi, foi ao ar no domingo (22/02), mas a notícia circulou durante toda a semana.

Sandra de Sá esteve no programa e falou de sua homossexualidade:

“Assumir é tirar um peso de você que não existe”, afirmou a cantora de 59 anos.

Quanto mais pessoas assumem sua homossexualidade, mas fica natural e aos poucos vamos diminuindo o preconceito.

Via

Os armários estão abertos
Ellen
Ellen

A atriz Ellen Page veio ao Brasil conferir o carnaval e gravar depoimentos para um documentário sobre direitos LGBT.

A jovem se declarou homossexual e afirmou:

“Eu decidi [sair do armário] porque estava triste, eu me sentia sem inspiração, me sentia culpada por não ser assumida, estava na hora. Foi a melhor decisão que já tomei. Eu imediatamente me senti como uma nova pessoa”.

Para quem já passou por isso, sabe o alívio que é estar fora do armário.

Via

No carnaval tudo é permitido
Mocidade Alegre
Mocidade Independente de Padre Miguel

A escola de samba do Rio de Janeiro, Mocidade Independente de Padre Miguel desfilou na segunda feira e causou polêmica com o enredo Se o mundo fosse acabar, me diga o que você faria se te restasse só um dia?

O quinto carro da escola falava sobre o amor sem restrição e levou para avenida camas de motéis onde tinham todas as formas de amor, incluindo homossexuais masculinos, femininos e até ménage a trois.

Parabéns a escola porque realmente o importante é ser feliz.

E você, o que faria se te restasse só um dia?

Via

E o beijo rolou solto
Beijos gays
Beijos gays

E o beijo gay rolou solto nesse carnaval.

Monique Evans foi flagrada beijando a namorada, a DJ Cacá Werneck em um camarote na Sapucaí.

Já em Salvador, nos blocos de Claudia Leite, Ivete Sangalo e Daniela Mercury o beijaço aconteceu na avenida mesmo.

Enquanto isso nos camarotes, ator Theodoro Crochane, filho de Marilia Gabriela, também foi flagrado aos beijos com modelo gaúcho Lauro Piuma em plena folia baiana.

E Sabrina Sato também aproveitou o carnaval para dar um selinho em Martinalha durante os desfiles no Rio.

Beijo é bom, beijo é bom, beijo é muito bom!!!

Via e Via

À passos de tartarugas, mas vamos caminhando
Papa
Papa

O Vaticano recebeu em sua audiência semanal do papa Francisco um grupo de defesa dos direitos de católicos gays dos EUA.

Os mesmos não foram anunciados pelo papa e na lista de participantes foram anunciados como “um grupo de leigos acompanhados por uma irmã”.

Parece realmente pouco e que deveriam ser anunciados como homossexuais católicos, mas em outros tempos como nos papados de João Paulo 2º e Bento 16 os mesmos já tinham sido impedidos de participar.

Sei que a ansiedade é grande e que as atitudes atuais do Vaticano parecem pouco, mas temos que ter paciência e sempre lembrar que pouco é melhor que nada e já mostra uma evolução.

Via

Não foi dessa vez
Luma
Luma

Apesar da campanha dos alunos e a repercussão em todo o país, o ministro da Educação não escolheu a travesti Luma para reitora da Unilab.

O cargo ficou para Tomaz Aroldo da Mota Santos, de 71 anos, um professor aposentado da Universidade Federal de Minas Gerais.

Nossa torcida continua para o sucesso na carreira de Luma e que ela conquiste este cargo em outra universidade.

Via

 Bodas de Prata
Bodas de Prata
Bodas de Prata

Hoje em dia se discute muito a durabilidade de um casamento, mesmo ente os heterossexuais.

Mas em Curitiba um casal de militantes gays comemoraram bodas de prata.

Toni Reis e David Harrad se conheceram em uma estação de trem Londres. Toni, então com 26 anos, vindo de uma família humilde do interior do Paraná, estudante de Línguas na UFPR conheceu David, um inglês de Manchester, 32 anos, sua alma gêmea, e desde então se uniram em uma relação que gerou diversos frutos.

Eles fundaram em Curitiba, três anos depois, junto a amigos, o Grupo Dignidade – uma das principais organizações de luta pelos direitos gays no país.

David chegou a ser ameaçado de ser deportado por causa de seu visto e virou tema de diversos programas de televisão.

Suas histórias e suas lutas, inclusive pela adoção de seus filhos, estão no livro “Direito de amar – A História de um casal gay”, escrita pelos dois e publicado em 1996.

Parabéns à família e esperamos pelas bodas de ouro.

Via

Semana que vem eu volto. E já estou cheio de esperança por boas notícias e menos homofobia.

Não esqueça de comentar e deixar sua opinião.

Abraços, Sam.

Deixe uma resposta