A importância de avaliarmos as mensagens que recebemos

0
9
views

Durante uma boa parte da vida, mais especificamente o início de nossas histórias, a maioria de nós age como esponjas que apenas absorvem a informação ao nosso redor sem desafiá-las. É neste momento que observamos os comportamentos e somos adestrados ao que é certo e errado em nossa cultura.

Quando crianças temos basicamente como modelos a nossa família e as mídias como, por exemplo, a televisão, depois, na fase escolar, temos ainda os professores e os amigos como referências imediatas para nos adequarmos à vida em sociedade.

Porém, obviamente não há nada que nos garanta a veracidade de todo esse conteúdo, ou seja, muita coisa que vemos e aprendemos pode se provar um completo equívoco diante de um raciocínio lógico mais apurado ou das descobertas científicas do nosso tempo.

A grande questão aqui é que não podemos nos limitar, já quando crescidinhos, a simplesmente aceitar passivamente toda a informação que nos apresentam como verdade absoluta. Tão logo criemos a bagagem necessária temos que realmente nos apropriar de nossa capacidade lógica e passar todo conteúdo pela crivo das habilidades cognitivas.

Com isso, quero dizer mais especificamente que repostas como “é assim porque é”, “eu sinto isso em meu coração”, “simplesmente sei” ou “está escrito em tal lugar”, não podem ser aceitas ou repetidas por nós sem o cuidado de nos aprofundarmos nisso com argumentos mais completos e complexos do que uma simples papagaiagem (repetir sem pensar).

Evidentemente estou convidando-nos a desafiar aquelas velhas mensagens que muitos de nós recebeu quando jovens, e que apresentavam a homossexualidade como um erro, uma doença, um distúrbio ou um pecado.

Aliás, mais especificamente no campo do pecado, o interessante é verificar que as verdades tão absolutas da maioria das religiões amplamente divulgadas atualmente estão comumente à serviço de seus líderes, que aplicam sem vergonha a diferenciação entre os que apenas cometeram deslizes (seus queridos) e os pecadores detestável (qualquer um que não seja de seu círculo mais próximo).

Sempre existirão vozes se levantando contra nós, principalmente para aqueles que, corajosos, vivem suas vidas em plenitude, porém isso não deve nos afetar e impedir-nos de sermos completos e felizes.

Assim sendo, desafie sim cada informação que lhe apresentem e busque repostas concretas para acabar com as mensagens negativas que invariavelmente acabam entrando em nossas vidas, pois é assim que tenho eu substituído esses discursos maléficos por considerações lógicas muito mais úteis e sagazes.

Desbrave o mundo para ser feliz, por que isso é sua total responsabilidade.

E no mais continuemos firmes e fortes.

Licença Creative Commons
Esta obra de Heller em Chilliwiki, foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

Deixe uma resposta