As 5 perguntas mais feitas pelos oficiais de imigração nos EUA

1
13
views

Já tendo entrado e saído dos EUA algumas vezes, as pessoas tendem a me questionar quais são as perguntas mais comuns feitas pelo serviço de imigração aos recém-chegados ao país. Vamos lá, existem um milhão de perguntas que eles podem fazer dependendo do caso e da pessoa, mas as mais gerais e comuns são:

1 – O que você veio fazer aqui?
Eles querem saber qual sua real intenção no país. Veio estudar? Veio a passeio? Tenha toda a informação necessária e/ou documentação com você. Quanto mais detalhes, melhor. Tenha respostas sempre seguras. Não mentir é essencial; quanto mais sincero, melhor.

2 – Onde você vai ficar hospedado?
Tenha o comprovante do hotel junto com você, mostrando os dias que ficará hospedado. Se você for ficar na casa de amigos, tenha uma carta-convite do mesmo com todas as informações necessárias incluindo endereço e telefone.

3 – Quanto dinheiro você trouxe?
Você precisará comprovar que tem dinheiro suficiente pra se manter durante sua estadia no país. Um cartão de crédito internacional, talão de cheques e extrato bancário recente também servem como comprovação. Lembre-se que valores superiores a 10 mil dólares precisarão ser declarados.

4 – Quanto tempo pretende ficar?
Seja bem sincero quanto essa informação. O interessante é já viajar com a passagem de volta comprada, pois você poderá apresenta-la caso solicitada. O interessante em caso de férias é ficar entre uma semana e 15 dias. Se pretende ficar mais, tenha certeza de que o seu dinheiro será suficiente pra cobrir esses dias de férias. Eles podem pedir por isso.

5 – Qual sua ocupação em seu país de origem?
Os EUA precisam ter certeza do seu vínculo com o Brasil e que você realmente precisa voltar. Tenha em mão contracheques recentes e comprovantes de residência em seu nome.

É bem possível que não perguntem nada nem peçam documentação alguma, mas o melhor é não arriscar e ter suas férias estragadas por bobeira. Um homem prevenido vale muito mais! 🙂

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta