As lindas músicas e o lindo Steve Grand

0
8
views

As músicas Country-Pop com temáticas gays do lindo Steve Grand vem fazendo muito sucesso, e não é por menos, seu trabalho, que possui apelo bem jovem, romântico e animado é uma delícia. A voz do gatão é um deleite e associada ao ritmo country faz a gente sonhar.

O gatão, que escreve músicas desde os onze anos de idade, descobriu sua sexualidade aos 13 anos e passou por uma grande batalha para lidar com isso, principalmente em meio a sua fé católica. Mesmo assim, na oitava série (EUA), ele se assumiu para os amigos e, pouco depois, seus pais também souberam.

Ao descobrirem esse aspecto do jovem, seus pais decidiram inscrevê-lo em uma terapia de conversão para ele “deixar” de ser gay. A terapia percorreu cinco anos até o próprio Grand decidir abandoná-la. Apesar disso, o cantor não faz críticas ao psicólogo, chegando a dizer:

Eu não tenho vontade de bater no meu terapeuta, apesar de eu acreditar que a homossexualidade não é uma coisa ruim ou pecaminosa, e não é algo que faça Deus querer se livrar de você, até porque eu ainda tenho muito respeito por ele. Ele é um bom homem e me ajudou de diversas maneiras […] Nós apenas acabamos tendo uma perspectiva completamente diferente (tradução livre).

O jovem nascido no ano de 1990, diz ainda que a música foi sua terapia e o ajudou a passar por momentos muito difíceis. Além de escrever, tocar e cantar, Grand ainda foi modelo com os heterônimos de Steve Chatham e Finn Diesel; O jovem também mantém um canal no Youbute como Steve Starchild onde ele faz covers de outros cantores como Lady Gaga:

Seu primeiro trabalho a explodir foi o All​-​American Boy, uma música em que o cantor fala sobre um gay que se apaixona por um amigo heterossexual (quem nunca passou por isso?).

A estória até lembra um pouco a primeira paixão de Grand, um conselheiro mais velho enquanto ele estava no acampamento dos escoteiros, e o videoclipe ficou lindo:

Mais recentemente Grand lançou a animada Stay com um videoclipe recheado de imagens românticas, joviais e festivas:

É muito bom termos mais um representante gay que desenvolva trabalhos com os quais podemos nos identificar, assim é possível sonhar com nossos amores vendo histórias e casais gays e não somente o costumeiro (e nada contra) casal heterossexual.

Muito sucesso e felicidade a Steve Grand.

Referências
Steve Grand Site; Steve Grand Facebook; Steve Grand Youtube; Steve Starchild Youtube; The Backlot Site; DNA Magazine Site; Você Nem Viu Blog; Male Mucle Boy Kanan Site; Queer Me Now Site; Wikipédia Steve Grand;

Deixe uma resposta