As principais baladas gays de Nova York

1
15
views

Quando o turista (Gay!) chega a Nova York pela primeira vez, há uma certa fascinação por se conhecer as baladas. Afinal, NYC é famosa por casas noturnas e bares que mexem com o imaginário das pessoas. Aqui nasceram (E infelizmente morreram) lugares lendários como o CBGB e o STUDIO 54. Um dos redutos gays mais interessantes, SPLASH, que conseguia lotar seus dois andares até nas segundas-feiras, se viu obrigado a fechar suas portas recentemente. Hoje em dia o sinônimo de vida gay é o Hell’s Kitchen, que tomou o lugar dos super valorizados Chelsea e Village. Porém, em um lugar que frequentemente se reinventa como Nova York não há de faltar opções de diversão. E, o melhor de tudo, a grande maioria dos lugares não cobra entrada. Portanto, capriche na roupa, na sedução e caia na balada com as dicas de lugares pra curtir.

___ FLAMING SADDLES___

793 9th Ave, New York, NY 10019

flaming saddles

Não é uma balada propriamente dita, mas é um bom aquecimento. A galera se reúne aqui para tomar uns drinks, flertar e bater papo. Bomba na Happy Hour! Vocês lembram do filme Showbar? Então, Flaming Saddles é a versão gay do Coyote Ugly, onde os bartenders sobem no balcão e dançam sensualmente ao som de country music. Um cowboy bar pode não ser sua primeira escolha, mas garanto que aqui você não vai se arrepender.

___ ATLAS SOCIAL CLUB___

753 9th Ave, New York, NY 10019

Atlas Social Club

Uma mistura de balada com barzinho, o Atlas parece uma academia dos anos 50 com memorabília de boxe e luta livre. Nas telas são exibidos filmes pornôs vintage, mas a galera se reúne por lá mesmo para assistir seriados como American Horror Story. O único problema daqui são os grupinhos, mas sempre se consegue fazer amizades e conhecer gente legal. Mesmo que apenas pela noite.

___ POSH ___

405 W 51st St, New York, NY 10019

posh

O Posh é pra galera que curte algo mais intimista, uma galera legal pra papear e muitos amigos héteros em volta. O DJ até tenta, mas só dança mesmo quem já está bêbado. Já que os drinks são mais baratos, dá pra beber mais e curtir a noite toda.

___ INDUSTRY___

355 W 52nd St, New York, NY 10019

industry

Muitos turistas, mas também frequentado pela turma gay que mora em Hell’s Kitchen. Chance de beijar na boca? Muitas!!! A pista de dança ferve com uma mistura de músicas atuais e de outras épocas. Nas quintas-feiras têm um divertido show de drag queens. Acho os bartenders muito desinteressados (Se você pede um drink mais arrojado as chances do sabor vir estranho são grandes), mas talvez seja por causa do alto fluxo de pessoas.

___THERAPY___

348 W 52nd St, New York, NY 10019

therapy-nyc

Praticamente em frente ao Industry. Portanto, se não está bom por lá vem pra cá curtir a animada pista, com muitos remixes, e os bares bem frequentados. Pelo menos aqui os bartenders são mais atenciosos.

___BOXERS___

742 9th Ave, New York, NY 10019

boxers 2014 small

É melhor no verão quando o terraço está aberto e às segundas-feiras quando o público se reúne para assistir, e comentar, Ru Paul’s Drag Race. Nos outros dias é bem desanimado.

___VIVA___

Stage 48, 605 West 48th Street; NY 10019 
between Eleventh and Twelfth Avenue

viva

Não curto muito. Primeiro porque paga entrada. Segundo porque tem uma vibe ‘The Week’ com aquela galera bombada, dançando sem camisa e usando drogas pra se divertir. Mas o público é bem variado, o que é bom. Só aos sábados é gay, a bebida é cara e, se sua intenção é bater papo e flertar, aqui não vai ser sua melhor opção.

___THE RITZ___

369 W 46th St #2, New York, NY 10036

a98e03dfa79b6ca197af6a28de2634803ce0d4a1_l

Uma galera animada, mas nem sempre pegável, frequenta as duas pistas. Uma mais eletrônica e a outra mais pop. Os drinks são mais baratos também, mas pergunte o preço antes. Alguns bartenders adoram cobrar mais de turistas. Tem umas drag queens vendendo shots de gelatina que eu particularmente adoro!

___EAGLE___

554 W 28th St, New York, NY 10001

Eagle

Vamos lá, esse é clássico. Um bar de couro e jockstrap, onde frequentemente se vê os mestres e seus submissos se divertido por lá. O lugar tem um aspecto sujo, mas ainda sim muito sexy. Não raramente alguém vai mexer nas suas partes, te observar no banheiro (onde, aliás, ferve muito e você urina de frente para outros caras) e querer te levar pra cama. Cuidado com o sexo público ali: os seguranças andam menos tolerantes do que eram no passado. O filme Bearcity (2010) foi filmado aqui.

___THE COCK___

 29 2nd Ave, New York, NY 10009

cock

Uma pocilga onde o povo vai pra beber e transar no dark room, verdade seja dita. Bem parecido com a atmosfera do Eagle, mas com a diferença de que os seguranças não se importam mesmo com nada. Nem se você for furtado por lá. Portanto, olho aberto!!! Há cartazes espalhados pelo lugar dizendo ser proibidas atividades sexuais, mas você vai ver que apenas uma sugestão.

 

___ THE MONSTER___

80 Grove St, New York, NY 10014

monster

Tem um piano bar muito bom no primeiro andar e uma pista de dança divertida no subsolo, mas que costuma ficar bem vazia. Os shows de Drag Queen e eventos dos boys desfilando de cueca são bem interessantes, mas tem que se informar antes de ir. Senão corre o risco de dar viagem perdida.

___STONEWALL INN___

53 Christopher St, New York, NY 10014

53-Christopher-Street-Stonewall-Inn-2

Aqui foi onde tudo começou. O berço dos direitos gays. O bar tem uma aura de nostalgia ótima, a pista de dança nem tanto assim. Vale pela história que envolve essa região. Afinal, se você curte as paradas gays hoje em dia, agradeça ao Stonewall.  Graças a revolta de 1969, foi aqui que elas surgiram. Rola um happy hour com hot dog grátis, mas nunca tive coragem de me aventurar neles.

Preste atenção:

– É proibido por lei consumir bebida alcoólica nas ruas.

– Para cada drink pedido existe a prática de gratificar o bartender com 1 dólar. Se não o fizer, acredite, ele vai te ignorar pelo resto da noite e seu primeiro drink terá sido o único.

– Menores de 21 anos não entram nas baladas de jeito nenhum.

– Sem identidade não se passa nem da entrada, não importa o quão velho você aparente ser.

– Às quatro da manhã tudo se encerra. Nem adianta insistir.

– Transporte público funciona 24 horas, mas o taxi muitas vezes é uma opção mais rápida. E não tão cara.    

1 COMENTÁRIO

  1. Boa Tarde,

    Estava lendo seu blog e achei muito interessante e fiquei surpreso com uma noticia.

    Todos anos gosto de passar ferias em Nova York por causa da vida noturna faz 3 anos que não vou e agora em Janeiro irei ficar 10 dias.

    Os lugares que eu frequentava todas as noites era a boate splash e só ia embora na hora que fechava e nos domingos frequentava a green house.

    Gostaria de alguma indicação de lugares que tem esse publico ou que vale a pena frequentar não curto a XL por causa do publico The Week, gosto de lugares tipo bar da Loka, tunnel, danger ou os bares do centro pessoal pop alternativo ou (povão).

    Obrigado pelas sujestão agradeço pelo site.

    Att

Deixe uma resposta