Sexo é escolha e amor é sorte?

2
12
views

Eu venho redescobrindo o Facebook graças aos grupos de discussão que, depois de muita pesquisa, encontrei e participo sempre que consigo um tempinho.

Desses grupos tem vindo várias discussões e ideias bacanas que tem me ajudado bastante a aprender mais e olhar para vida de modo ainda mais abrangente.

Numa das conversas informais que aconteceram em um desses grupos, foi levantada uma questão tão interessante que decidi trazê-la para dentro do Chilliwiki.

A questão foi baseada na música Amor e Sexo da Rita Lee, mas para colocá-la aqui eu decidi mudá-la um pouco.

Em uma de suas frases Rita diz “sexo é escolha, amor é sorte”, pensando nisso tentei definir melhor o que seria sorte e, para essa postagem, escolhi a interpretação que o Dr. Lair Ribeiro dá em seu livro O Sucesso Não Ocorre Por Acaso, que é: “sorte é quando preparação encontra oportunidade” (RIBEIRO, 1993, p110).

Baseado nesses aspectos específicos eu pergunto: se realmente podemos escolher ter ou não sexo, mas com o amor temos de esperar pela sorte, será que estamos nos preparando ou estamos preparados para quando essa oportunidade acontecer?

Vou dar um exemplo puramente ilustrativo, supondo que nos apaixonemos por alguém que mora em outro estado, dificilmente vamos poder vivenciar essa relação plenamente devido a distância geográfica, mas imaginemos que essa pessoa se mude para poucos quilômetros de distância de nós, será que estaremos prontos a nos envolver em uma relação mais íntima, que vai nos levar a mais entrega e à uma convivência ainda maior?

Talvez aqui até possamos pensar que é a experiência que nos prepara para o amor, portanto só o vivenciando é que estaremos preparados para mantê-lo, mas há ainda outras interpretações que podem ser feitas.

Para mim, um dos grandes conceitos que ficou dessa conversa é que o amor não é puramente acaso (sorte), mas sim um caminho a ser construído a partir do nosso aprendizado e dedicação em experimentar verdadeiramente esse sentimento.

Mas, retomando a pergunta inicial, e você, diria que o sexo é escolha e o amor é sorte?

Licença Creative Commons
Esta obra de Heller em Chilliwiki, foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

2 COMENTÁRIOS

  1. Heller,

    Pela janela que olho a vida as pessoas não costumam se preparar para o amor.
    Se preparar para o amor eu definiria como aperfeiçoamento, de forma que agrade primeiro a si e depois aos outros, pois há coisas que fazemos que não nos agrada ou seria é inviável em uma relação.
    Outra coisa que creio ser uma preparação para o amor e preservar a verdade sobre si mesmo. São comuns as mentiras saudáveis para a conquista, mas que faz com que a pessoa aprenda a amar a personagem e pode não se agradar do autor/ator dessa personagem como realmente é.
    Usando a definição que você escolheu para sorte, creio que podemos sim dizer que o amor é sorte. Não basta estarmos preparado, precisamos da oportunidade de encontrar alguém que desperte em nós o amor e que nos ame também.
    Já o sexo é bem mais fácil. Na atualidade não precisa de muito esforço para conseguir alguém para um sexo casual e, como na antiguidade, sempre há um bom sexo por um bom preço.

    Abraços, Sam.

Deixe uma resposta