Você já sentiu atração por alguém que não achasse bonito?

1
9
views

Eu estava vendo pela enésima vez os videoclipes do Passenger (Michael David Rosenberg – 1984), e me derretendo por ele enquanto pensava no fato de eu não achá-lo bonito.

Aliás, olhando de perto eu diria que ele é até meio feinho (para o meu gosto), mas é inevitável eu ficar bobo vendo-o cantar ou simplesmente ouvindo suas músicas.

Não sei se é a voz, se é a melodia, a barba, o cabelo arredio, o estilo cantor-solitário-que-toca-violão, ou tudo isso, mas o certo é que há algo nele que me causa uma forte atração, e isso, repito, mesmo sem o achar bonito.

Uma observação importante aqui é que eu não sei nada sobre a vida dele e a discussão que estou propondo não é sobre aspectos comportamentais de sua vida privada, ou algo assim.

Mas essa minha atração sem a beleza no meio, me fez questionar sobre o que realmente importa na construção de um desejo, o que realmente nossa mente percebe no outro para sentirmos aquela sensação especial por este alguém.

A beleza estética, aquela dos modelos ou dos participantes de reality shows, é até interessante e gostosa de ver, não nego e até compartilho muito disso por aqui mesmo, mas no fundo, para ficar ao nosso lado diariamente isso não parece mesmo ser a prioridade.

Então vale a pergunta: e aí, você já se sentiu atraído por alguém que achasse feio? E se sim, você consegue dizer o que mais te atraiu nessa pessoinha, o jeito, a voz, o olhar, os ideais políticos, talvez?

Enfim, pense nisso e me responda. Enquanto isso, um pouco mais de Passenger para ajudar na reflexão.

Licença Creative Commons
Esta obra de Heller em Chilliwiki, foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

1 COMENTÁRIO

  1. me sinto atraido por alguns artistas que são considerados feios, mas pra mim, eu sinto um tesão inexplicavel como por exemplo Donnie Wahlberg, Peter Sarsgaard e Leopoldo Pacheco.

Deixe uma resposta